Setembro é Dourado

Setembro é Dourado

SETEMBRO É DOURADO
A SOCIEDADE CATARINENSE DE PEDIATRIA É PARCEIRA NESTA CAUSA

setembro-dourado-post-2018

SETEMBRO é o mês escolhido para intensificar a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, representado mundialmente pelo símbolo do LAÇO DOURADO.
O câncer na criança e no adolescente corresponde a 1 a 3% de todos os casos diagnosticados, sendo estimado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), a ocorrência de 12.600 novos casos na faixa etária de zero a 19 anos.
No Brasil, assim como nos países desenvolvidos, o câncer representa a primeira causa de óbito por doença, entre as crianças e adolescentes de 1 a 19 anos de idade.

Infelizmente, com base nos dados dos registros de câncer atualmente consolidados, sabemos que no nosso país muitos pacientes ainda são encaminhados aos centros de tratamento com a doença em estágio avançado.
Considerando que os sinais e sintomas do câncer infanto-juvenil são geralmente inespecíficos e que não raras vezes, a criança ou o adolescente podem ter o seu estado geral de saúde ainda não comprometido no início da doença, o pediatra tem papel essencial na suspeita diagnóstica do câncer.

Neste contexto, é fundamental que os pais ou responsáveis realizem as consultas pediátricas regulares com seus filhos/filhas, visando o diagnóstico precoce da doença, e permitindo assim, melhor chance de cura, de sobrevida e de qualidade de vida do paciente/família.

O tratamento do câncer infanto-juvenil deve ser realizado em centro especializado em oncologia pediátrica, por equipe multiprofissional e individualizado para cada tipo histológico específico e de acordo com o estadiamento clínico da doença.

Dados de um estudo sobre o panorama do câncer infanto-juvenil divulgados pelo INCA e pelo Ministério da Saúde identificaram que a sobrevida estimada no Brasil por câncer na faixa etária de zero a 19 anos é de 64%. Este estudo apontou que a sobrevida variou de acordo com a região do país, sendo mais elevada nas regiões Sul (75%) e Sudeste (70%).

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS SINAIS E SINTOMAS DE ALERTA PARA O CÂNCER NA CRIANÇA E NO ADOLESCENTE?
– Leucocoria (reflexo branco na pupila);

– Estrabismo, que surge repentinamente;

– Aumento de volume em qualquer região do corpo, principalmente se indolor e sem febre, podendo estar associado ou não a sinais de inflamação;

– Equimoses pelo corpo em regiões pouco frequentes, sobretudo quando não associadas a algum tipo de traumatismo;

– Dores persistentes nos ossos, nas articulações e nas costas;

– Fraturas, sem trauma;

– Sinais precoces de puberdade: acne, voz grave, ganho excessivo de peso, pelos pubianos ou aumento do volume mamário nas meninas com menos de 8 anos de idade e nos meninos com menos de 9 anos de idade;

– Cefaleia persistente e progressiva, associada ou não a vômitos, alterações na marcha, no equilíbrio e na fala, além de perda de habilidades desenvolvidas e alterações comportamentais;

– Febre prolongada, perda de peso, palidez ou fadiga persistentes e inexplicadas.

Comments are closed.